13 motivos para comprar seu guindaste giratório

Um guindaste giratório diferencia-se do comum por sua capacidade de movimento. O guindaste giratório funciona suspendendo a carga no ar e rotacionando sobre um mecanismo de rotação da lança. Ou seja, contêm uma base giratória que os comuns não têm.

O guindaste giratório pode ser de coluna ou de parede. Neste caso, as lanças podem ser de perfil DR tipo mangote ou tirante, contando com múltiplas opções de lanças. Isso as torna equipamentos versáteis, capazes de alta produtividade industrial e redução do tempo de serviço. Algumas máquinas desse tipo contam, também, com a opção de arraste manual ou motorizado.

Assim, o guindaste giratório tem várias possibilidades de movimento que os outros equipamentos semelhantes não têm. Em alguns casos, esse tipo de situação pode ser essencial, como é a situação de transporte de carga em portos por exemplo.

Mas essa não é a única razão para investir em um guindaste giratório. Quer saber quais são elas? Então leia o post a seguir!

Breve definição sobre o que é guindaste giratório

Antes de explicarmos a razão para utilizar esse equipamento, falaremos brevemente o que é e que tipos de guindaste giratório existem atualmente.

Resumidamente, um guindaste giratório ou guindaste móvel é um veículo autopropelido capaz de mover-se livremente sobre o local de trabalho. Diferencia-se do guindaste de torre, que é estático, justamente por essa mobilidade.

Além disso, um guindaste giratório tem o braço da grua móvel – ou lança móvel. Neste caso, a lança é inclinada e diretamente conectada à base (carro) da máquina. Há uma grande variedade de modelos de guindaste giratório, indo desde de mini máquinas e equipamentos verdadeiramente gigantescos.

O uso desse tipo de grua popularizou-se inicialmente na América do Norte, principalmente em grandes projetos de construção civil. Porém, parte de seu desenvolvimento é ligado à evolução das máquinas agrícolas, que foram precursoras de uma grande quantidade de equipamentos de construção pesada nos Estados Unidos.

Essa é uma das razões pelas quais as gruas giratórias são tão versáteis, podendo ser igualmente associadas a operações construtivas e não-construtivas. É coas, por exemplo, da escavação e cravação de estacas de fundação.

Hoje em dia, são muito utilizadas no transporte de cargas em plantas industriais e portos, além dos canteiros de obras e agronegócio. Por isso, existem vários tipos de guindastes móveis. Em resumo, podemos encontrar os seguintes modelos:

Guindaste giratório de coluna

O guindaste giratório de coluna é um equipamento utilizado para movimentação de cargas que é apoiado em único ponto em mancais de deslizamento ou, ainda, em rolamentos.

Tais estruturas são alocadas em colunas metálicas, o que permite giros de 360 graus, diferentemente dos guindastes de parede. Essa movimentação, no entanto, depende dos eventuais obstáculos no local onde o guindaste foi instalado.

São operados do solo com joysticks, assim como os guindastes de parede, ou com o uso de botões em um painel de controle.

Guindaste giratório de parede

São guindastes que ficam fixados a paredes ou colunas de concreto. Por causa disso, têm maiores restrições de movimento. Ou seja, têm restrições de giro, já que não podem realizar passeios superiores a 180 graus.

Também, requerem avaliação estrutural detalhada, feita por especialistas, da parede ou coluna em que será afixado. Sua instalação também requer o trabalho de profissionais qualificados, e o projeto técnico deve ser assinado por um engenheiro responsável registrado no CREA.

Guindaste giratório rodoviário

O guindaste giratório rodoviário, como o nome indica, é montado sobre um caminhão. Com isso, seu transporte é facilitado. Às vezes, esse tipo de equipamento é chamado de guindaste urbano, devido à sua versatilidade de uso nas cidades.

Este tipo de guindaste pode ser montado sobre um caminhão ou ser autopropelido. Neste caso, é possível encontrar guindastes rodoviários de rodas ou de esteiras.

No post de hoje, enfatizamos os benefícios de se adquirir um guindaste giratório rodoviário. Veja mais a seguir os motivos para investir nesse equipamento.

13 motivos para comprar seu guindaste giratório

Motivo 1: o guindaste giratório tem articulações rotativas

Em alguns locais de trabalho, há a restrição de espaço, que impedem manobras mais elaborada de equipamentos pesados. Dessa forma, o que deverá mover-se é o próprio equipamento.

O guindaste giratório, portanto, conta com articulações que o permitem girar em torno do próprio eixo inteiramente ou apenas a lança. Com isso, é indicado para locais onde haja demanda de movimentação de um local para outro não muito distante.

Esse é o caso, por exemplo, de portos, onde a carga é descarregada das embarcações e posicionada para ser transportada via terrestre em caminhões ou trens.

Motivo 2: o guindaste giratório incorpora recursos do estático

O guindaste giratório pode ser utilizado como um equipamento estático, pois possuem mecanismos de travamento. Ou seja, é um equipamento versátil, que pode ser adaptado às diversas demandas.

No caso de guindastes com plataforma giratória montados sobre caminhões, eles são muito mais fáceis de alocar nos diferentes sítios de trabalho. Ou seja, além da mobilidade, são adaptáveis à execução das mesmas tarefas de um guindaste estático.

Motivo 3: a relação benefício-custo do guindaste giratório é maior

Uma vez que o guindaste torna o transporte automatizado, a necessidade de mão de obra reduz significativamente. Com isso, os custos operacionais se reduzem, o que contribui para o retorno relativamente rápido do investimento nesta máquina.

Além disso, com menos pessoas envolvidas na tarefa do transporte, menos chances de acidentes de trabalho. Esse fator traz prejuízos tanto humanos quanto financeiros à empresa. Também, acidentes de trabalho prejudicam a reputação da empresa.

Em outras palavras, a adoção de sistemas de guindastes giratórios torna as operações de carregamento e transporte de carga mais eficientes e menos arriscadas.

Motivo 4: há ganhos em produtividade quando se utiliza um guindaste giratório

Outro ganho significativo quando se adotam guindastes giratórios para a movimentação de carga é em produtividade. Nesse caso, o ganho ocorre em função da otimização da movimentação.

Ou seja, a configuração adaptável do guindaste giratório permite que se encontrem soluções de transporte caso a caso, o que reduz custos e distâncias de deslocamento entre um ponto e outro de transporte.

Motivo 5: os guindastes giratórios são ajustáveis

Guindastes giratórios podem ser encontrados em vários modelos e capacidades de carga. Também, é possível encontrar equipamentos com lanças ajustáveis para cada situação.

No caso de guindastes de parede ou de coluna, há várias possibilidades de instalação. Já os guindastes giratórios rodoviários podem ter vários tipos de lanças e capacidades de carga.

Portanto, eles podem ser projetados para atenderem demandas específicas, caso a caso, o que os torna muito versáteis. Ou seja, podem ser elaborados conforme o espaço disponível, os locais a serem transportados e os pesos a serem erguidos.

Com isso, há otimização das rotas, consumo de combustível, segurança do trabalho e tempo de serviço. Além do mais, a possibilidade de projetar por demanda torna o processo de transporte mais confiável.

13 motivos para comprar seu guindaste giratório

Motivo 6: o guindaste giratório pode ser montado e desmontado com relativa facilidade

Frequentemente, o guindaste giratório será utilizado em locais onde haja demanda intermitente. É o caso, por exemplo, de canteiros de obra de construção civil.

Neste caso, a possibilidade de montagem e desmontagem relativamente simples desses modelos de equipamento são características fundamentais para assegurar a execução da obra.

Isso torna o processo de construção mais ágil, já que a grua pode ser rapidamente implantada e iniciar o transporte de cargas pesadas prontamente.

Motivo 7: os guindastes giratórios montados em caminhões são altamente manobra´veis

Em função de sua estrutura, os guindastes montados sobre caminhões são bastante manobráveis. Essa característica, no entanto, depende tanto da área disponível para manobras quanto do tamanho do próprio caminhão, assim como seu jogo de rodas.

Motivo 8: os guindastes giratórios têm lanças telescópicas versáteis

A lança telescópica, que pode ser expandida e retraída conforme a necessidade, é uma grande vantagem dos guindastes com plataformas giratórias. Essas lanças conferem grande agilidade à operação.

Com poucos comandos no joystick na cabine de operação, a lança é hidraulicamente estendida em relativo pequeno espaço de trabalho. Diferencia-se da lança treliçada principalmente por essa característica.

A lança treliçada precisa ser montada apoiada sobre o solo, o que requer grandes áreas para sua montagem. As lanças telescópicas, por outro lado, podem ser pinadas ou não pinadas. As primeiras têm apenas um cilindro hidráulico, enquanto as segundas usam mais de um cilindro e cabos de aço para sua operação.

De modo semelhante, a lança pinada é mais leve,, enquanto a não-pinada é mais ágil. A escolha dessas lanças está relacionada aos projetos e aos locais onde o guindaste irá atuar. Isso atesta mais uma vez a grande versatilidade dos guindastes giratórios.

Motivo 9: flexibilidade de deslocamento

O principal diferencial desse tipo de guindaste giratório é a mobilidade horizontal com materiais pesados. Ou seja, é capaz de içar cargas significativas a alturas razoável com boa flexibilidade em seu deslocamento.

Note que o transporte de máquinas pesadas no brasil e regido pela NBR 10852. Além disso, é importante prestar atenção às boas práticas de fixação do equipamento ao veículo de transporte. Geralmente, essas gruas são transportadas por caminhões ou carretas.

De modo semelhante, é fundamental tomar cuidado com  as velocidades máximas no momento do transporte. Existem regras que normatizam a sinalização do excesso de comprimento, o que é fundamental para a circulação em rodovias, pontes e viadutos.

Outra norma muito importante é a NR 18, que trata da fiscalização do trabalho com guindastes. Justamente por serem equipamentos versáteis, há grandes riscos de acidentes, que são predominantemente causados por falha humana.

Dessa maneira, é essencial que os operadores sejam bem treinados antes de serem alocados para um canteiro de obras. Além disso, certifique-se de que a obra e o trabalho está sendo fiscalizado de perto.

A fiscalização tem o intuito de prevenir acidentes e ações que estejam fora da NR 18, o que pode acarretar em sanções à empresa. Em acréscimo, a manutenção dos equipamentos deve ser feita seguindo tanto as práticas recomendadas pelos fabricantes quanto por especialistas na área.

Os modelos montados em caminhões terão a velocidade limite determinada pelo motor do caminhão. Porém, os modelos autopropelidos podem atingir até 65 km/h, o que os torna ágeis para um equipamento pesado desse porte.

Motivo 10: grande força mecânica e mobilidade

Há diferentes modelos de guindastes giratórios disponíveis no mercado brasileiro. Em geral, esses modelos são escolhidos conforme as condições de trânsito da região, logística no interior do canteiro de obras e tipo de projeto a ser executado.

Outros modelos enfatizam a estabilidade do caminhão. Dessa forma, alguns equipamentos são capazes de baixarem seu centro de gravidade, o que aumenta a capacidade de içamento.

Semelhantemente, há guindastes rodoviários desenvolvidos especialmente para o trabalho em terrenos acidentados, com rodas tracionadas e comandos de direção hidráulica independentes.

Há tipos de guindastes, como os da Sany, que têm estrutura integrada por solda de aço de alta resistência. As lanças telescópicas tornam esse equipamento versátil e potente para trabalhos diversos, tanto em terrenos acidentados quanto regulares.

Tudo isso torna os guindastes rodoviários razoavelmente fortes e versáteis.

13 motivos para comprar seu guindaste giratório

Motivo 11: os guindastes giratórios rodoviários realizam trabalhos que outros equipamentos não conseguem

Existe uma grande variedade de equipamentos que podem ser utilizados no lugar de guindastes giratórios rodoviários. É o caso, por exemplo, dos elevadores de carga, mini gruas, gruas ou mesmo guindastes sobre esteiras.

Porém, os guindastes rodoviários são flexíveis, têm boa potência e conseguem levantar cargas significativas a alturas elevadas.

Além disso, a faixa de deslocamento horizontal dessas máquinas os torna particularmente úteis onde outros equipamentos não conseguem alcançar. É uma espécie de “faz tudo” dos guindastes.

Motivo 12: podem ser utilizados em locais fechados ou restritos

Por terem maior possibilidade de manobra, esse tipo de guindaste pode ser utilizado especialmente em locais onde haja restrição de espaço, como no interior de plantas industriais.

Motivo 13: podem ser encontrados modelos capazes de rodar em terreno acidentado

O projeto de um guindaste móvel de terreno acidentado o torna capaz de movimentação sobre superfícies que os guindastes de pneus convencionais não conseguem circular. Guindastes de terreno acidentado têm rodas mais largas e motores mais potentes. Além disso, têm centros de gravidade maiores, o que os torna mais estáveis do que os demais modelos de guindastes.

Assim, há vários modelos de guindastes giratórios. Sua grande versatilidade permite que sejam aplicados em diversas frentes de trabalho.

Além de altamente adaptáveis a cada situação, os guindastes giratórios aumentam a produtividade e reduzem custos de transporte onde são aplicados. Para que resultem ser um bom investimento, no entanto, é importante realizar sua escolha e montagem conforme as normas.

Os funcionários devem ser treinados e seu trabalho fiscalizado para assegurar que não haja acidentes. Você conhece mais alguma razão para comprar um guindaste giratório? Compartilhe com a gente aqui nos comentários! A Centro Oeste agradece sua visita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *